sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Amor d`Além Mar




_________ Amor d`Além Mar _________








O
mar azul
Separa
Nós dois

Ó lusitana
Menina das terras
De Camões

O mar azul
Separa
Nós dois

Ó Atlântico Sul
Suas ondas brancas
Espumantes
Quebrando nos corais
São canções
De saudade
Entre corações

Ó Atlântico Sul
Ao lembrar de nós
A trinta Nós
Quero cruzar-te
Antes que tarde
A vida e se cale

Amar, amar, amar, amar...
Alguém de tão longe
É amor de monge
Triste cancioneiro
De dor e saudade

Ó meu Rio de Janeiro
Que venha logo um veleiro
A me levar
Ao outro lado do mar
Na cidade do Porto
Eu quero
Aportar

Porque amar, amar, amar, amar...
Um amor d`além mar
É recolher a âncora
Içar a vela e zarpar
Cruzar o Oceano

Ó Atlântico Sul
Teu azul me é tão triste
Calando fundo
O amor que existe
Não há ninguém feliz no mundo
Vivendo distante
De quem ama
Loucamente
Como eu amo
De amor tão grande
Quanto o oceano

Só em ver o mar
Balouçando e cantando
Prateado ao luar
Ou dourado pelo Sol
Quero recolher a âncora
Içar a vela e zarpar
Cruzar o Atlântico Sul

Amar, amar, amar, amar...
Alguém de tão longe
É triste, é triste
Dói fundo, tão fundo
Quanto o profundo
Mar azul
Que nos separa



Rob Azevedo











Um comentário:

Anyanj disse...

Amar distante não seria, mais lindo como o mar. Poesias que encantam a todos que aqui navegam, poemas, versos que marcam sempre um amor d`Alem Mar.Prabéns!
Obrigada por me deixar fazer parte do seu mundo de versos!
Um grande Abraço!
Um Grande Beijo viceral...rs!